Notícias

NotíciasNovos testes indicam AVGAs dentro dos parâmetros.23/09/2019

Desde o final de 2018 a AOPA Brasil vem monitorando de perto a situação da distribuição de AVGAs no país, em particular desde a interrupção da produção pela Petrobras e importações do produto. Esse acompanhamento vem se dando com a Associação dos Distribuidores, com a Petrobras, ANAC e ANP. 

Hoje a AOPA Brasil recebeu atualizações das análises realizadas. Ana Mandelli, diretora da Plural para o mercado de aviação, informou que "as investigações sobre as reclamações de teor de Chumbo no Avgas avançaram e, conforme conversamos, estivemos reunidos com Petrobras, ANP e SERIPA 3, onde foi possível compartilhar as investigações feitas pelas entidades de forma isolada. As amostras de produto retiradas pela ANP, Distribuidoras e Petrobras, em diferentes pontos de amostragem, desde os tanques de estocagem na refinaria até os tanques das distribuidoras nos aeroportos, estão dentro das especificações de chumbo previstas na resolução da ANP."

"Foi também detectado que existe pequena diferença no teor de chumbo do produto produzido no Brasil para o importado, um pouco mais alto, porém dentro dos limites da especificação. Desta forma concluímos que não temos um problema na qualidade do produto importado pela Petrobras e vendido pelas distribuidoras."

Além disso, "considerando ainda que houve uma falha de suprimento no início deste ano, foi solicitado à ANP que verifique as condições de armazenagem da gasolina nos aeroportos/aeroclubes que originaram as reclamações, visto que o produto é muito volátil e a correta operação de armazenagem é necessária para garantir a sua integridade."

A AOPA Brasil se manterá conectada com distribuidores, Petrobras, ANAC e ANP para que os seus associados e o mercado permaneçam atualizados em relação a desdobramentos dessa importante questão.




Dúvidas ou sugestões? Nos escreva!










fale conosco